A minha margem.

Margem Sul

Foi aqui que nasci e vivo até hoje. Sempre preferi viver aqui do que em Lisboa. Os meus avós tem uma casa no Lumiar e quando lá ia dizia sempre aos meus pais “Como é que há pessoas que conseguem viver na cidade?”. Fazia-me confusão a movimentação das estradas e das vidas stressadas. Para mim a cidade era só para os adultos.

Quando se fala da margem sul a pessoas de fora, pensam sempre que és criminoso. Mas nestes meses torna-se o lugar predilecto de muitas famílias. Enfim interesses e  preconceitos…

É o lugar que os meus pais me decidiram criar, e o lugar a que volto sempre. Estudo em Lisboa e venho sempre a casa. E acho que isso é importante voltarmos sempre, a casa.

O sítio onde tirei esta foto és dos meus lugares favoritos. Conheço isto melhor que ninguém. Sei os seus segredos e se estes lugares se falassem contariam muitos dos meus.

m001m002m003m004

Fotografia: Ana Matos

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s